Impossível a vida em sociedade sem uma normatização do comportamento humano. Daí surgir o Direito como conjunto das normas gerais positivas, disciplinadora da vida social. 

Para manter o império da ordem jurídica e assegurar a paz social, o Estado não tolera a justiça feita pelas próprias mãos dos interessados. 

Para cumprir essa tarefa, o Estado utiliza o método próprio, que é o processo, que recebe a denominação civil, penal, trabalhista, tributário etc., conforme o ramo do direito material perante o qual se instaurou o conflito de interesses. 

Diante desse quadro, o Direito Processual Civil pode ser definido como o ramo da ciência jurídica que trata do complexo das normas reguladoras do exercício da jurisdição civil.

  • Contratos bancários
    – Financiamento imobiliário
    – Empréstimos
    – Outros…
  • Conflitos entre fornecedor e consumidor;
  • Conflitos imobiliários
    – Locação (comercial e residencial)
    – Compra e venda de imóvel
    – Compromisso de compra e venda
  • Ações relativas à propriedade
    – Reintegração de posse
    – Despejo
    – Adjudicação compulsória
    – Revisão de contratos;
  • Cobrança e Execuções;
  • Atuação em Câmaras de Arbritagem.